Dor: Um Sinal Vital Negligenciado

Há vários anos, os estudiosos no campo da anestesiologia alertam para o tratamento inadequado da dor nas diversas circunstâncias nas quais o paciente fica exposto ao estímulo doloroso. Tal fato é observado em casos de dor aguda, principalmente no pós-operatório de procedimentos cirúrgicos. Nos Estados Unidos, estima-se que, dos 80 milhões de cirurgias ambulatoriais, atualmente realizadas, cerca 10% e 70% dos pacientes desenvolverão algum grau de Dor Crônica Pós-Operatória, dependendo do tipo de cirurgia.

Essa entidade médica: Dor Crônica Pós-Operatória (Dor que permanece após a cirurgia por pelo menos 2 meses) está bem caracterizada e depende de vários fatores que podem ser abordados tanto no pós-operatório, quanto, mais recentemente, no pré-operatório. Portanto é interesse do Centro Avançado de Endometriose, traçar estratégias para que você tenha abordagem o mais completa possível, com o objetivo de tornar seu pós-operatório seguro e confortável.

O Dr. Carlos Henrique Viana de Castro é medico anestesiologista membro da equipe do Centro Avançado de Endometriose, formado em 1985 com extensa atuação em procedimentos cirúrgicos de grande porte e com especialização no tratamento de dor aguda e crônica.

Posted in Artigos

Leave a Comment